terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Urso Bipolar


Urso Polar vive no Polo Norte. Uso Bipolar viveria tanto no Polo Norte quanto no Polo Sul.
Como ele está em extinção no seu atual habitat, o Ártico, onde tem como predadores os esquimós, minha sugestão é de que ele seja levado para a Antártica, onde a espécie humana é representada por cientistas, criaturas nem um pouco agressivas. A mudança dos ursos polares para o Polo Sul poderia ser patrocinada por fábricas de alvejantes, em troca da cessão do direito de imagem para comerciais de sabão em pó.
Os pinguins, que só são encontrados no Polo Sul, não iam gostar desta história de ter ursos bipolares como vizinhos, com certeza desconfiados de que eles iriam se interessar em diversificar com aves a sua tradicional dieta à base de carne de foca. Mas os pinguins, que costumam aparecer nas praias brasileiras, poderiam esticar sua viagem e estabelecer colônias no Polo Norte, onde os ursos andam escassos, e quase extintos.
Além disso, a engenharia genética está muito avançada, sobretudo no ramo das aves. Se os cientistas conseguiram produzir em laboratório o Chester e a Ave Fiesta, que têm mais peito e coxa, bem que poderiam desenvolver um pinguim tropical, com menos penas. Livres de seus casacos pesados, seria uma questão de tempo os pinguins se adaptarem às praias do Nordeste, formando ninhos sob os coqueiros e palmeiras.
Os ursos bipolares que sentissem saudades da terra (ou melhor, gelo eterno) de seus ancestrais, poderiam se cadastrar como voluntários para viagens científicas patrocinadas por fábricas de leite de coco e outros produtos que, a exemplo deles próprios, são branquinhos como a neve.

2 comentários:

  1. É incrível a leveza e a facilidade com que suas palavras saem.
    Me dá a impressão que para você é só pegar a caneta ou colocar as mãos no teclado que as palavras bailam.

    ResponderExcluir
  2. Só posso me orgulhar de você!!!
    beijo!

    ResponderExcluir